Gestarmauriti's Blog

RELATÓRIO GESTAR II | junho 30, 2010

Da Teoria a Prática – TP3
Conteúdo: Gêneros e Tipos Textuais
Relatório do Filme: Narradores de Javé
Aluna: Francisca Mary Ane do Nascimento Ramalho Furtado
NARRADORES DE JAVÉ
O texto que passar-se-á a discorrer é fundamentado no filme intitulado: “Narradores
de Javé”, o qual retrata a história de um povo humilde, simples, sofrido, sem conhecimento da
linguagem escrita, e que, de repente, são forçados a deixarem a sua amada Terra, local onde
firmaram suas raízes, construíram laços de amizade em função de uma Usina hidrelética que será
instalada.
O filme, nos faz lembrar uma história muito próxima, acontecida na Comunidade da
cidade de Jaguaribara-CE, onde o povo foi transferido para a 1ª cidade planejada do Estado do
Ceará, “Nova Jaguaribara”, tendo em vista que naquela cidade foi construído o 2° açude maior do
mundo, denominado “Castanhão”.
Retornando a relatar a temática em pauta, pode-se afirmar que o filme expõe acerca
da angustia do povo, que não sabe o caminho a seguir, para evitar a inundação de Javé, por meio da
instalação da referida hidrelética, que logo será construída. Após várias indagações, conversas sobre
o assunto, encontraram uma solução, qual seja: “Transformar Javé em Patrimônio Histórico da
humanidade, objetivando, com tal feito, preservá-la. Em seguida, surge outro problema, quem iria
redigir o Texto Científico a respeito de Javé, desde seu surgimento à sua evolução, enfatizando
pontos fortes, como por exemplo: arquitetura local, cidade centenária, antiguidades, documentos,
dentre outros, expondo razões, justificativas para que a mencionada cidade não fosse destruída, e
sim, preservada, se, na comunidade não havia leitores e nem escritores.
Assim, após várias conversações acerca do assunto lembraram de um indivíduo,
conhecido pelas inúmeras fofocas que escrevia sobre os moradores, conhecido por Antonio Biá, e o
incumbiram da missão de escrever o texto a respeito de Javé, como forma de remissão do mal que já
havia feito a população com as inúmeras fofocas criadas e divulgadas a respeito dos habitantes
daquela comunidade.
Então, Biá inicia o trabalho visitando as famílias e fazendo perguntas a respeito da
origem de Javé, tais como: como começou; Seus fundadores, dentre outras. Acontece, que a cada
visita realizada obtinha uma resposta diferente para a mesma pergunta, e cada pessoa entrevistada
dava ênfase a sua família no percurso histórico de Javé, e não, a quem tinha de fato havia
contribuído para a sua criação.
É interessante enfatizar, que os habitantes da cidade em evidência se expressavam,
tanto no seu cotidiano, quanto nos seus relatos, através de dialetos, linguagem informal, coloquial,
posto que, desconheciam a norma culta. Não tiveram acesso a educação sistematizada.
Em continuidade, pode-se afirmar que Biá fica confuso, perdido, no meio de tantas
informações incoerentes, tendo em vista, que as versões dos entrevistados são alteradas de acordo
com cada narrador. Então, como saber qual a versão verdadeira, como condensá-la em apenas uma,
e, por conseguinte, registrar na linguagem escrita formal, os diversos relatos, tornando o texto
científico.
O tempo passa e os entrevistados não chegam a uma opinião comum acerca do
percurso histórico de Javé. E, devido às múltiplas versões, Biá fica triste por não ter cumprido a sua
missão de escrever a história de seu próprio povo. Logo a cidade não se transforma em Patrimônio
Histórico e é inundada pelas águas.
Fazendo, uma retrospectiva no que se refere aos conteúdos estudados no Curso
GESTAR II, em suma, evidencia-se que o filme aborda o tipo textual descritivo, com a
predominância do Narrativo, estando presentes vários gêneros textuais, dentre eles a Carta e a
Entrevista.
Diante do exposto, fica evidente a relevância da educação sistematizada na formação
humana. Levando-se em consideração que o exercício da cidadania está estritamente
vinculado a quem é detentor do conhecimento, pois somente quem teve acesso a Linguagem
verbal e não verbal põe em prática a questão dos direitos e deveres sociais e humanitários.

Anúncios

Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

About author

The author does not say much about himself

Pesquisar

Navegação

Categorias:

Links:

Archives:

Feeds

%d blogueiros gostam disto: